Dicas

Conheça os principais tipos de treinamento em segurança do trabalho EAD

abril 5, 2019
Ensino a distância
Tempo de leitura 5 min
Powered by Rock Convert

Você sabe a importância do treinamento em segurança do trabalho? Trata-se de um processo obrigatório para empresas. Proporcioná-lo aos seus colaboradores é uma maneira de zelar pelas pessoas que trabalham com você e dessa forma também estará cumprindo o disposto na legislação que a empresa deve treinar os colaboradores.

Através dele é possível levar novos conhecimentos que permitem que os colaboradores possam tomar atitudes pautadas na segurança do trabalho, de modo a evitar acidentes e até mesmo doenças decorrentes do trabalho, de forma que trabalhem tendo em mente sua importância na segurança do trabalho.

Se você ainda tem dúvidas sobre essa questão, continue lendo este artigo. Listamos alguns treinamentos em segurança do trabalho, para você verificar quais se aplicam à sua empresa.

Direção preventiva

Não basta saber dirigir bem e ter anos de experiência: trabalhar ao volante sempre coloca o colaborador em uma situação de maior exposição a acidentes e imprevistos. Para isso, existe o curso de direção preventiva, que visa aguçar a visão do colaborador quando aos riscos e perigos envolvidos, de modo a evitar a ocorrência de acidentes.

Esse treinamento ajuda o motorista a ter uma percepção melhor dos riscos e a reagir melhor diante de situações que podem desencadear um acidente e prezar pela segurança dos demais passageiros e das cargas transportadas. Embora existam modalidades presenciais do treinamento, que colocam o motorista frente a frente com situações simuladas, também é possível fazê-lo a distância, com a mesma eficiência. 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

NR 33

A NR 33 versa sobre segurança e saúde no trabalho em espaços confinados. O ideal é que todos os colaboradores que atuam nesse tipo de ambiente tenham acesso ao treinamento, independentemente do nível hierárquico — os supervisores de entrada nesses locais também precisam ter acesso ao treinamento. Consideram-se espaços confinados, de acordo com a legislação, ambientes que não contam com um sistema de ventilação adequado, que não foram projetados para ocupação humana e cuja entrada e saída pode ser considerada dificultosa.

Como não são adequados para permanência contínua de pessoas, é necessário emitir um documento, a PET (Permissão de Entrada e Trabalho), sem a qual não é permitido adentrar o local em questão. As pessoas autorizadas precisam, obrigatoriamente, desse treinamento, que visa orientar esses colaboradores sobre as formas de evitar acidentes e evacuar o local em caso de emergência. Também pode ser oferecido na modalidade a distância.

CIPA

A CIPA (Comissão Interna de Prevenção a Acidentes) é formada por representantes tanto do empregador quanto dos empregados, que nesse último caso são escolhidos através de votação. Sua principal finalidade é zelar pelo bem comum, prevenindo acidentes e doenças provenientes das condições de trabalho para todos os colaboradores.

Os representantes eleitos precisam contar com um treinamento específico, sejam eles membros efetivos ou suplentes. Desenvolver ações que visam essa prevenção demanda conhecimento sobre a NR 5, que dispõe sobre as determinações da CIPA. O principal objetivo é que essas pessoas estejam aptas a identificar fatores de risco no ambiente de trabalho e elaborar planos para colocar em prática essas ações preventivas.

Trabalho em altura

Qualquer atividade realizada a mais de 2 metros acima do chão é considerada trabalho em altura. Tal condição impõe riscos que são inexistentes em outras funções, como as quedas. Trata-se também de uma condição na qual o número de ocorrências de acidentes é maior, e está aí mais um motivo pelo qual o curso é obrigatório a todos os que são expostos a ela. Para regulamentar a questão, existe a NR 35, que é estudada nos treinamentos pertinentes ao tema.

Nesse treinamento, os participantes são conscientizados da importância do uso dos equipamentos de segurança e das condutas a serem tomadas para evitar acidentes. Lembre-se de que é dever do empregador oferecer o treinamento adequado e manter o controle do uso correto dos EPIs necessários.

NR 06

Ambientes com ruído demandam o uso de protetores auriculares, para que não haja prejuízos à audição dos colaboradores. Quando existem faíscas ou objetos que podem “espirrar” nos olhos, é necessário utilizar óculos de proteção. Os EPIs (equipamentos de proteção individual) existem em diversas modalidades e devem ser usados de acordo com os riscos oferecidos pelo trabalho executado.

Entretanto, o uso incorreto desses equipamentos faz com que percam todo o seu propósito. A NR 06 versa sobre o uso correto de EPIs e o seu treinamento visa a conscientização e orientação quanto à conduta para o uso. É por isso que esse treinamento deve ser proporcionado a todos os colaboradores que necessitam do uso desses equipamentos. Lembrando que a supervisão é de responsabilidade do empregador.

NR 23

A NR 23 dispõe sobre a brigada de incêndio. Segundo a legislação, o curso de brigada é obrigatório para todos os colaboradores da empresa, independentemente do cargo ocupado. Isso porque é importante que todos saibam como agir em caso de incêndio ou situações de pânico. No treinamento, são abordados tanto as medidas para identificar e combater princípios de incêndio quanto o uso correto dos equipamentos para combate às chamas, como os extintores.

Além disso, todos devem ter conhecimento a respeito de como proceder caso o alarme de incêndio soe. Evacuar o prédio de maneira segura e fluida demanda que cada um conheça o seu papel diante de uma ocorrência. É claro que todas as medidas cabíveis devem ser tomadas para evitar incêndios. Entretanto, todos devem estar preparados, já que fatalidades podem ocorrer.

Esse treinamento também pode ser realizado a distância. Dessa forma, você otimiza o tempo dos colaboradores, uma vez que não é necessário que todos façam de uma só vez e, consequentemente, não impacta tanto na produção. Contratar uma empresa de treinamentos a distância também garante que todos os colaboradores terão acesso ao curso independentemente de sua rotina.

Agora que você já conhece alguns dos treinamentos de segurança que são exigidos por lei, acesse nosso site e conheça nosso trabalho.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário