Dicas

Equipamentos de Proteção Individual (EPI): entenda a importância!

outubro 30, 2018
equipamentos de proteção individual epi
Tempo de leitura 3 min
Powered by Rock Convert

Você conhece a importância dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os colaboradores na sua empresa? Alguns gestores de RH têm muitas dúvidas quanto às normas que regem a segurança dos colaboradores durante o exercício das suas funções. Entretanto, não é possível negligenciar um assunto de tamanha relevância quando pensamos em gestão de modo geral.

É importante lembrar que nem todas as funções exigem realmente o uso de tais equipamentos. Entretanto, você precisa conhecer a legislação relacionada ao assunto para entender quais funcionários da sua empresa precisam, obrigatoriamente, utilizá-los.

Se você também tem dúvidas quanto ao tema, continue lendo. Listamos abaixo alguns motivos pelos quais esses equipamentos são tão importantes.

São regulamentados por lei

Existe uma norma técnica, a NR-6, que trata sobre o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Segundo ela, tais instrumentos servem para proteger a saúde e a integridade do trabalhador e devem ser fornecidos gratuitamente pela empresa. Eles atuam na prevenção de acidentes de trabalho e doenças decorrentes da atividade desempenhada.

É obrigação de toda empresa conhecer essa norma e trabalhar para cumpri-la. Utilizar os EPIs corretamente é, portanto, ter a certeza de estar em dia com suas obrigações legais nesse quesito. Dessa forma, é possível evitar problemas em fiscalizações e a suscetibilidade a processos e ações trabalhistas.

Zelam pela saúde dos colaboradores

A legislação não deve ser, entretanto, a única razão para o uso dos EPIs. Um bom empregador deve pensar também na saúde e no bem-estar dos seus colaboradores. É importante lembrar que funcionários que gozam de boa saúde e qualidade de vida no exercício de suas funções se sentem mais motivados e produtivos.

E isso pode ser conseguido de maneira muito simples: oferecer um protetor auricular quando o trabalhador passa muito tempo em um local altamente ruidoso é uma forma de prevenir problemas auditivos provenientes do ruído. As botas com bico de aço servem para proteger os pés, caso alguma peça caia sobre eles. Utilizar os equipamentos corretos é uma forma de minimizar a ocorrência de acidentes de trabalho ou doenças adquiridas na função.

Promovem engajamento

Não basta oferecer os equipamentos aos seus colaboradores e dizer que é obrigatório utilizá-los. É importante também realizar um trabalho de conscientização quanto ao seu uso e oferecer instruções sobre a forma correta de aplicá-los. Assim, empresa e funcionários trabalharão juntos para promover a segurança no ambiente de trabalho.

Para que isso realmente aconteça, é importante oferecer palestras e treinamentos relacionados ao tema e fiscalizar a utilização dos equipamentos. Existem, inclusive, empresas terceirizadas que, além de fornecerem os equipamentos, disponibilizam esse serviço de treinamento. Lembre-se sempre de que, ainda que os equipamentos estejam disponíveis, garantir a segurança dos funcionários é dever da administração da empresa e essa será responsável por quaisquer problemas que possam ocorrer pelo mau uso.

Como se pode ver, o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) está longe de ser um mero opcional. Aplicá-los faz parte da legislação trabalhista e sua função é cuidar de grandes bens pertencentes ao trabalhador: a vida e a saúde.

Se este post foi útil para você, não deixe de compartilhá-lo também em suas redes sociais. Quem sabe as informações que estão aqui não sejam interessantes para seus amigos?!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário