Dicas

Entenda a norma de segurança para maquinas e equipamentos — NR 12!

janeiro 7, 2019
NR 12
Tempo de leitura 3 min
Powered by Rock Convert

Nos últimos anos, houve uma conscientização das empresas sobre a importância de fazer investimentos na área de segurança do trabalho. Apesar de ser obrigatório por lei, as organizações que prezam pela prevenção de acidentes e de doenças ocupacionais se beneficiam de diversas vantagens, como o aumento da produtividade dos colaboradores, melhora da imagem da empresa e redução dos custos com processos trabalhistas.

No entanto, para ser eficiente, é preciso estar atento às mais diversas normas, sendo a NR 12 uma das mais importantes. Essa norma regulamentadora traz as diretrizes para garantir a segurança do colaborador durante o uso de máquina e equipamentos.

Continue a leitura deste artigo e descubra um pouco mais sobre essa importante norma.

O que é a NR 12?

Criada no final da década de 1970 pelo Ministério do Trabalho, a Norma Regulamentadora 12 define quais ações devem ser efetuadas pelas empresas para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores durante o uso das mais diversas máquinas e equipamento.

A norma é exigida em todas as atividades profissionais que envolvem alguma interação com equipamentos que possam comprometer a saúde do trabalhador, sendo assim a NR 12 é uma das normas regulamentadoras mais importantes e extensas.

Quais são os seus objetivos?

Basicamente, a NR 12 traz as diretrizes de segurança que a empresa deverá adotar para prevenir a ocorrência de acidentes e/ou de doenças ocupacionais durante o uso de máquinas e equipamentos. Além disso, essa norma determina a forma correta que devem ocorrer a fabricação, a comercialização, a limpeza e o transporte de todo maquinário a ser utilizado pelo trabalhador no ambiente laboral.

Quais são as principais medidas?

Medidas de proteção coletiva

As medidas de proteção coletivas são aquelas que envolvem a instalação de proteções físicas nas áreas de ricos das máquinas injetoras. Por isso, para atender essa medida, é preciso analisar o tipo de máquina para identificar quais providências deverão ser tomadas.

Medidas administrativas

Para que as ações de prevenção propostas pela área de segurança de trabalho sejam efetivas, é fundamental que todos os colaboradores estejam treinados. Para isso, é necessário a ocorrência de treinamentos periódicos — que deve estar devidamente documentados.

Medidas de proteção individual

A aplicação dessas medidas deve ser efetuada durante a jornada de trabalho. Para isso, de acordo com o equipamento utilizado, recomenda-se o uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) específicos para essa atividade. Além disso, para definir o equipamento correto, deve-se considerar o tempo em que o trabalhador está exposto aos fatores de risco.

Por que é preciso treinar o colaborador?

A realização de treinamento dos colaboradores é um fator fundamental na prevenção de acidentes de trabalho. Afinal, durante o curso, o trabalhador aprende os procedimentos que devem ser adotados durante a execução de uma determinada atividade.

Por isso, conforme determina a NR 12, é necessário que o colaborador faça um treinamento periódico para capacitá-lo quanto ao uso seguro de máquinas e equipamentos. Para que esse curso seja corretamente ministrado, uma boa dica é contar com o apoio de uma empresa especializada na capacitação em segurança do trabalho.

Como é possível perceber, a NR 12 tem grande importância para as empresas brasileiras. Afinal, grande parcela dos trabalhadores utiliza algum tipo de equipamento em sua jornada de trabalho. Por isso, é fundamental que o gestor tenha conhecimento sobre as diretrizes dessa norma.

Caso você tenha gostado das dicas, que tal assinar nossa newsletter? Assim, você fará parte de nossa lista e receberá as últimas novidades de nosso blog. Até a próxima!

 

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário